01.jpg02.jpg03.jpg04.jpg05.jpg06.jpg07.jpg08.jpg09.jpg10.jpg11.jpg12.jpg13.jpg14.jpg15.jpg16.jpg

 

 

 

Educação

CONTEXTUALIZAÇÃO DO MUNICÍPIO REALIZADO NA ÁREA EDUCACIONAL

        Como sabemosa História da Educação está mal contada, pois o que se fez freqüentemente foirelatar as idéias de grandes pedagogos, desvinculadas das reais condições de existência.Evidentemente a escola existia antes do capitalismo, mas seu papel mudasubstancialmente a partir daí, em função da formação da mão-de-obra para aindústria. Desde o seu desenvolvimento neste novo contexto a escola padece deuma ambigüidade: de um lado é necessário para dar certo rudimento da cultura eprincipalmente como fator disciplinador, preparando a docilidade do futurotrabalhador, do outro, ao fornecer elementos da cultura corre o risco de formarpessoas mais conscientes e questionadoras.

        Hoje sepercebe que houve grandes mudanças e avanços na educação, a partir da década de80 começaram novas perspectivas para compreender o contexto social, cultural,histórico e político.

       Através danova LDB nº 9394/96 os Estados e municípios conquistaram maior autonomia ao quese refere à educação tendo oportunidade de planejar e executar seus projetospolíticos pedagógicos. Mesmo assim, sabe-se que a realidade brasileira estádistante do ideal. Nem todas as escolas souberam usufruir dessa liberdade deconstrução de suas ações. Lamentavelmente muitos estabelecimentos ainda sãodominados por alguns grupos que impõem suas idéias, quando as ações deveriamser coletivas.

        Guabiju, emparte, é um exemplo do que citamos acima, pois os documentos que a escolapossui foram construídos por grupos fechados e não coletivamente.